quinta-feira, 19 de janeiro de 2012



não tens carácter nenhum. matas-te o teu pai e agora, com apenas sete dias passados da sua morte, tens a coragem de ameaçar os teus irmãos porque foste um cobarde e não tiveste a dignidade de saber fazer as escolhas certas e admitir que erras. não tens personalidade, qualquer pessoa que te mostre uma nota ou que te diga 'meu amô' já consegue ser melhor do que uma mulher que passou vinte e cinco anos a aturar-te.
para mim és uma página virada, desces-te na minha consideração e não penso voltar a pôr-te a vista em cima!

(desculpa avô, eu sei que é teu filho)

Um comentário:

ângela cláudia disse...

tenho a certeza que agora lá em cima, o teu avô vai fazer justiça enviando a força que for precisa para vocês darem cabo dele * te amo