segunda-feira, 13 de fevereiro de 2012



querida melhor amiga,
já são escassas as palavras para descrever a pessoa que és e tudo  aquilo me invade quando penso em ti e no que fizeste por mim. já lá vão dez anos de companheirismo, de aventuras, de partilhas, de segredos, de choros e risos. és uma mulher incrível, tens uma força dentro de ti que abala meio mundo, tens uma coragem que é capaz de matar um leão, tens um sorriso que é capaz de derreter qualquer pedra de gelo, tens uma capacidade de ligar as pessoas a ti indescritível. és metade da minha vida, tens metade do meu coração dentro do teu corpo, vivo e respiro por ti, junto a ti e sempre preocupada contigo.
orgulho-me de ti, da pessoa que és, da óptima condutora que já consegues ser, de nunca te deixares ir abaixo, por conseguires sempre levantar a cabeça quando te metem lá no fundo, por seres a melhor pessoa que conheço à face da Terra.
tenho a agradecer-te quem sou hoje, por me conseguir levantar quando me deitam no chão, por teres sempre uma palavra bonita e um carinho para me dar, por todas as chapadas e berros que me deste e que me fizeram sempre sorris, por todas as lágrimas que derramamos juntos, por todas as situações que nos fizeram crescer e ser o que hoje somos.
a única coisa que quero que me prometas é que ficas sempre comigo e que daqui a 80 anos vamos continuar bem juntinhas e recordarmo-nos dos óptimos que passamos juntas.
amo-te, sempre e sempre 

2 comentários:

ângela cláudia disse...

o problema é que me vou abaixo muito facilmente, mas nem noto porque me concentro mais nos problemas dos outros, daqueles que estão comigo ;)
como tu dizes, já não há mais palavras para descrever tudo o que vivemos e tudo o que sentimos. és um grande amor, e uma boa parte do meu coração *
assim como tu, amo-te desde sempre e para sempre ♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥

ângela cláudia disse...

eu sei das poucas certezas que tenho, essa é das maiores que tenho gravada no meu coração. essa e o facto de seres o meu maior porto de abrigo* amo-te